Excertos


Hoje tu, amanhã eu.
Precisaremos de alguém
De alguém que não esqueceu
Que altos e baixos, a vida tem.

Podemos hoje rir juntos,
E amanhã chorar sós, tristonhos.
Hoje, há interessantes assuntos.
Amanhã, frustração de sonhos?

Alegrias e tristezas a vida têm
Êxitos e fracassos, também.
E, contudo,... Continuar a ler
Excerto do livro: Reflexões Rimadas
O diálogo foi interrompido por alguns beijos e finalmente enquanto se olhavam nos olhos, Helena disse:

— Gostaria que estes momentos fossem eternos, mas por outro lado estou cônscia de que se o nosso amor é tão forte, é porque não só nos olhamos frequentemente nos olhos mas também olhamos ambos na... Continuar a ler
Excerto do livro: A voz que não ouvi

Acho que é o filho do Mário Alves, que vem ali. Ora, eu nem sabia quem era o Mário Alves, nem quem era o seu filho. Então olhei curiosa e vi um bonito rapaz acompanhado por uma moça um pouco mais velha. Fiquei calada observando-os, mas disse para comigo: Se forem namorados, não acho um par muito... Continuar a ler
Excerto do livro: Esplendor no Horizonte

És diferente, não inferior
És mais frágil e delicada
Como um cristal de valor.
E é como frágil e bela flor
Que deverias ser tratada.

Ao homem nunca serás igual
Mulher, és sempre Mulher.
Na tua diferença natural,
Verá sempre um valor real.
Quem um bom senso tiver.

Sei que no passar das eras
Foste... Continuar a ler
Excerto do livro: Reflexões Rimadas II